domingo, 2 de agosto de 2015

O QUE VOCÊS PAIS PERMITEM AOS SEUS FILHOS???





Abomino qualquer tipo de violência. Inclusive este tal de UFC onde o herói é aquele que arrebenta seu adversário. Que mensagem passam a tantas crianças e jovens que assistem este "esporte"  que o mais forte é aquele que quebra a cara do outro, e agora tem até mulher lutando, Alguém colocou: "a força da mulher em 14 segundos", foi o tempo que uma levou para arrebentar a sua adversária e assim tornar-se vencedora. VENCEDORA pra mim são todas as mulheres e homens que lutam diariamente neste mundo para sustentar e criar dignamente seus filhos, que educam seus filhos para o bem, mesmo muitos estando perdendo seus filhos para o mal. Não estou fazendo crítica a quem gosta deste tipo de coisa, afinal somos livres pra escolher o que queremos ver, só estou dando a minha opinião, pois se é adulto até pode discernir tal evento como esporte, mas as tantas crianças e jovens que assistem será que terão está mensagem.
   Como Orientadora Educacional e Educadora já presenciei muitos alunos de 1º, 2º. 3º anos, enfim, ainda bem pequenos com pilhas de fotos de lutadores de UFC na escola mostrando como sendo heróis, e no recreio lutando uns com os outros, onde vencia quem era o mais forte, o que batia no coleguinha. Ai me convençam que este tipo de coisa não influencia a violência, como tantos filmes violentos, como jogos de vídeo game, como novelas e tantas porcarias que são oferecidas gratuitamente a nossas crianças e jovens. Penso que os pais devam ficar atentos para o que seus filhos olham na TV, com que jogam no vídeo game,  o que tem nos seus celulares, com as músicas que escutam, enfim cabe aos pais vigiarem seus filhos e os levarem a tornarem-se adultos de bem e de sentimentos  bons. A frieza que vemos nos casos de violência que vem ocorrendo, onde estão sendo ceifadas tantas vidas inocentes e boas, é assustador. Ai fico a pensar: será que está banalidade com a violência escancarada nas mídias, nos jogos, onde parece ser normal matar sem piedade, quebrar a cara do outro, será que realmente não vem influenciando a mente e o comportamento de nossos jovens. Não esquecendo também, que cabe aos pais dar limites aos filhos, dizer NÃO a seu filho é sim um ato de amor. Não crie um reizinho, que ache que todos devam ficar a seus pés e fazer todas as suas vontades, a vida ai fora não é assim, necessitamos de regras, de limites para que a humanidade continue vivendo, ou iremos sucumbir na tragédia e nas desgraças que estamos vendo e vivendo. infelizmente.
   Coloque Deus na vida de seus filhos, e ao dar um presente, quem sabe ao invés de dar um jogo violento dê um bom livro. Incentive seu filho a ler e ver coisas bonitas, que lhe trarão conhecimento e alegria. Participe sempre da vida de seu filho, acompanhe seus passos, mesmo que quando grandes seja de longe. Não abandone seu filho a pessoas que não se preocuparão com ele, que não lhe ajudarão a ser alguém melhor. Cuide de seu bem maior.


Nenhum comentário:

Postar um comentário