quarta-feira, 13 de outubro de 2010

DIA DAS CRIANÇAS! APRENDENDO COM AS CRIANÇAS!


                                                 





  APRENDENDO COM AS CRIANÇAS!

                                                    
     Luis Marins

Estamos na “Semana da criança”. Ao  invés de pensar qual presente podemos dar às crianças,  gostaria de  pensar qual presente as crianças podem nos dar. E ao refletir sobre isso, vejo que as crianças nos dão “presentes” todos os dias. Basta sabermos reconhecer esses presentes, pois na maior parte das vezes eles são invisíveis ou intangíveis. E o maior deles é a simplicidade da sabedoria infantil. Se não, vejamos:
Crianças são francas, diretas falam de forma simples o que desejam e lutam pelo que desejam. Se for preciso chorar, choram. Se for preciso sorrir, sorriem. Repetem incessantemente o que querem até conseguir.  Elas não são “individualistas” como muita gente pensa.  Elas são francas, verdadeiras na pureza de seus desejos mais simples.
Crianças são sensíveis. Elas desconfiam de adultos que dizem uma coisa e fazem outra. Elas se ligam emocionalmente a adultos sinceros, amigos, francos. Elas têm uma sensibilidade aguçada e logo percebem quando os pais estão tristes, com problemas e se recolhem respeitando os sentimentos alheios. Da mesma forma ficam alegres com a alegria dos outros, comemoram juntos, sem inveja, as vitórias daqueles a quem amam.
Crianças são alegres. Elas brincam com tudo. A vida para elas não passa de uma grande brincadeira onde o que importa é o momento presente, a felicidade presente, o aqui e o agora.
Crianças sonham acordadas. Elas têm uma imaginação fértil. Imaginam-se vencedoras – presidentes da república, grandes médicos, vêem-se ricos no futuro e brincam hoje, fazendo do futuro um agora feliz, acreditando ser verdade o que os adultos chamam de “bobagem de criança”.
Faça uma lista dos  presentes que você recebe todos os dias num sorriso de uma criança, nas brincadeiras, nos sonhos, na sinceridade, na simplicidade, na força da vontade que elas têm.
Não está realmente na hora de voltarmos a Ter a sinceridade, a alegria, a disposição, a energia e a vontade de querer de uma criança? Será que não estamos “adultos” demais, velhos demais?
Aprenda com as crianças! Nesta semana, pense nisso.

Boa semana. Sucesso!
UM ABRAÇO PARA TODAS AS CRIANÇAS! TÂNIA JADOSKI. Outubro/2010.

Nenhum comentário:

Postar um comentário